• ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

  • ---
  • Máx: ?
  • Min: ?

Notícias

Projeto incentiva leitura na escola Jardim Atlântico

- Publicado em 25/10/2007 às 00:00 - Atualizado em 04/03/2015 às 13:33

Balneário Arroio do Silva (25/10/2007)- A preocupação com a leitura dos alunos da Escola Municipal d Ensino Fundamental Jardim Atlântico, em Balneário Arroio do Silva, levou a elaboração de um projeto que contemplasse o livro. Na unidade escolar é desenvolvido o projeto “1ª Jornada da Leitura”.  

O objetivo é desenvolver a leitura e a escrita como objeto social do conhecimento. “Um dos problemas maiores é a alfabetização, que deve ocorrer em um processo contínuo, durante toda a vida do indivíduo”, relata a pedagoga Maria Hilma Laurentino. Portanto, acrescenta Hilma, o aluno não é alfabetizado pelo professor, mas ele próprio se alfabetiza à medida que vai interagindo com a leitura e a escrita. “Todos os alunos têm contato com o livro e de acordo com o tema desenvolvido em aula eles desenvolvem os trabalhos”, explica. 

Com o projeto, os professores também querem incentivar a pesquisa, promover atividades que possibilitem o gosto pela leitura e desenvolver a interpretação oral e escrita dos alunos. “As crianças desenvolvem textos, confeccionam livros e conhecem obras literárias de autores brasileiros”, destaca a professora. 

Para a aluna da 4ª série, Ana Paula da Silva Santos, de 10 anos, a leitura a ajuda a se comunicar melhor com as pessoas. “Gosto muito de ler”, diz. O último livro foi “O diário da Rua”. “Com esse livro conheci um pouco da realidade de quem vive na rua”. A menina lê todos os tipos de literatura, inclusive regional. “A vida de Anita Garibaldi entendi melhor depois que li um livro sobre o assunto”, declara. 

A sua colega Luiza Candido, também 10 anos, já trouxe o hábito da leitura de casa, o que foi reforçado na escola. “Minha mãe sempre lê e às vezes pego os livros dela também”.  A pedagoga Giane Fernandes fala que as crianças adquiriram o hábito da leitura. “Quando eles não vêm na biblioteca, chegam a reclamar”, conta. A melhora no rendimento dos alunos também é visível. “Eles enriqueceram o vocabulário e aprenderam a escrever melhor”, completa Giane.  

Todos os alunos da escola, do pré-escolar a 8ª série, participam do projeto. 

 Acesso à leitura

Atualmente o balneário possui duas bibliotecas, a pública e a da Escola Municipal do Ensino Fundamental Jardim Atlântico. Cerca de 3 mil exemplares estão disponíveis à população no acervo da Biblioteca Pública e mais 1.500 na biblioteca escolar. Porém, não só os estudantes podem usufruir dos livros, mas também a comunidade. “Temos literatura brasileira, livros muito importantes e qualquer adulto pode vir pegar um exemplar”, informa a secretária de Educação, Cultura e Esporte, Elisabeth de Bem.  

 


Galeria de Imagens

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar

Galeria de Arquivos